Há abraços que transformam uma vida ®


Como ajudar com a Casa dos Pijamas

No Dia Nacional do Pijama as crianças são convidadas a ajudar outras crianças. Por isso, esta inciativa tem um valor educativo especial porque promove o valor da solidariedade, o saber partilhar e o sentido da amizade.

A Casa dos Pijamas entregue a cada criança na escola para levar para casa, cerca de quinze dias antes do Dia Nacional do Pijama, vai funcionar como mealheiro de papel. Trata-se de uma casinha original desenhada por Yara Kono, uma ilustradora premiada, este ano, inspirada na casa da bisavó da Maria, em que o telhado abre. Assim, as crianças podem colocar lá dentro, através da abertura, as moedinhas que arranjem junto dos padrinhos, avós, tios, primos, vizinhos e amigos.

No Dia Nacional do Pijama cada criança leva a sua casinha com os donativos que arranjou. Se houver uma Casa dos Pijamas da Escola maior, por exemplo, ou outra caixa decorada em papelão, então, as crianças podem colocar lá dentro a sua casinha, ficando anónimo o donativo de cada um.

A Missão Pijama é essencialmente uma iniciativa de sensibilização da sociedade portuguesa para a promoção do "direito de uma criança crescer numa família", cuja realização não conta com apoios oficiais, nem patrocínios. Todos os materiais educativos, correio, músicas e outros elementos enviados para todas as escolas são oferecidos sem qualquer contrapartida, independentemente de ser uma escola pequena no interior, uma ama com duas ou três crianças, uma biblioteca de qualquer região do país ou mesmo escolas portuguesas no estrangeiro.

Os pequenos donativos recolhidos são usados para apoiar a própria realização da iniciativa numa lógica de filantropia cidadã. O remanescente serve especialmente para apoiar o desenvolvimento do acolhimento familiar, cujas atividades são descritas no site na secção sobre acolhimento familiar, bem como os resultados alcançados, no ponto "investir no acolhimento familiar". Juntamos também o testemunho de famílias de acolhimento da Mundos de Vida: ‪react-text: 1517 https://www.youtube.com/watch?v=yMleZ-lRPZc

O pouco pode fazer muito. Com este gesto de filantropia cidadã, será possível ajudar a realização esta iniciativa de sensibilização do país - especialmente para que a lei seja levada à prática - e sensibilizar para que se encontrem soluções que permitam que as crianças separadas dos seus pais possam crescer no seio de uma família.